Costa do Marfim derrota Nigéria e vence Copa das Nações Africanas - Godesporto

Costa do Marfim derrota Nigéria e vence Copa das Nações Africanas

A Costa do Marfim recuperou de uma desvantagem de um gol para derrotar a Nigéria por 2 a 1 e vencer a final da Copa das Nações Africanas de 2023, no Estádio Alassane Ouattara, em Abidjan, na noite de domingo.

Os Elefantes garantiram o seu terceiro triunfo continental – e tornaram-se os primeiros campeões anfitriões desde o Egipto em 2006 – graças aos golos de Franck Kessie e Sebastien Haller na segunda parte, depois de as Super Águias terem uma vantagem de 1-0 no intervalo graças a William Troost-Ekong .


A Costa do Marfim teve a primeira ameaça de gol do jogo aos sete minutos, quando um cruzamento de Simon Adingra da esquerda atravessou a área, com Sebastien Haller incapaz de tocar o suficiente com o pé estendido para direcionar para o gol.

Os anfitriões continuaram a parecer perigosos no ataque e, aos 21 minutos, Max Gradel tentou um remate acrobático de uma bola perdida na área, mas viu o seu remate afectar a rede lateral.

Aos 34 minutos, os Elefantes forçaram a primeira grande defesa do jogo, com um belo passe que colocou Adingra no espaço à esquerda da área, e seu remate rasteiro foi desviado pelo goleiro nigeriano Stanley Nwabali.

As Super Águias ofereceram pouco no ataque, mas assumiram a liderança contra a corrente do jogo aos 38 minutos, com William Troost-Ekong recebendo uma bola na área e cabeceando para 1-0.

Com um gol a menos no intervalo, a Costa do Marfim pressionou o ataque desde o início após o reinício e, aos 49 minutos, uma bola perdida na área foi desviada para o gol por Gradel, mas Calvin Bassey atrapalhou para manter a Nigéria na frente.

Pouco depois da hora de jogo, os Elefantes ganharam um escanteio quando Nwabali desviou o remate de longa distância de Odilon Kossounou ao redor do poste. O lance de bola parada viu Adingra fazer um cruzamento que encontrou Franck Kessie, e o meio-campista acenou para o gol a alguns metros de distância para empatar os anfitriões em 1 a 1 aos 63 minutos.

Onze minutos depois, Adingra cabeceou esperançosamente no meio da área e Haller tentou um chute de cabeça que passou longe da marca – para alívio de Nwabali.

No entanto, aos 81 minutos, os Elefantes completaram a recuperação, quando Adingra cruzou da esquerda e Haller esticou a perna na frente de Troost-Ekong para lançar a bola para o fundo da rede e abrir uma vantagem de 2-1.

O país anfitrião conseguiu conter as últimas tentativas da Nigéria de encontrar o empate, com o apito final confirmando um triunfo incrível da Afcon para a equipe laranja.

Nigéria (1) 1 (Troost-Ekong 38′)

Costa do Marfim (0) 2 (Kessie 62′, Haller 81′)

Nigéria: Nwabali, Ajayi, Troost-Ekong, Bassey, Aina, Onyeka (Moffi 86′), Iwobi (Yusuf 79′), Sanusi (Aribo 86′), Chukwueze (Simon 56′), Lookman (Iheanacho 79′), Osimhen

Costa do Marfim: Y. Fofana, Aurier (Singo 70′), Kossounou, Ndicka, Konan, Seri (Amani 90+3′), Kessie, S. Fofana (Sangare 89′), Gradel (Diakite 70′), Adingra, Haller (Krasso 88′)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas Recomendas

Bónus de Boas-Vindas de 300% para Desporto, com um valor máximo de 6.000 MT, nos teus três primeiros depósitos.

Ganhe Bónus de Boas-vindas de 200% do valor Depositado

Bónus de Boas-Vindas: Ganhe Bónus de Boas-vindas de até 5000 MT ou 300% do valor Depositado

Bónus de 100% no Primeiro Depósito até 9100 MT

100% do valor do depósito até 5.000MT em bónus de boas-vindas

© Copyright 2024 Godesporto | Criado por WizandroidMZ